Alfinetolândia

dezembro 14, 2008

blogs

Filed under: Uncategorized — Alf @ 11:33 am

há muitos e muitos anos atrás, numa galáxia muito muito distante, eu criei um blog.

foi um pouco antes da explosão inicial dos blogs. aquela primeira que fez com que blog parecesse coisa de adolescente virgem-punheteiro-desocupado-deslumbrado ou de menininha rosinha.

bem, eu não era desocupado. mas como estava numa fase estranah da vida, achei que seria legal escrever as coisas e, quem sabe, fazer amigos. sempre acreditei que a internet era um bom lugar pra isso. coisa que, de fato, aconteceu.

com muitas indas e vindas, o blog acabou se afirmando, cumpriu seu papel e quando eu percebi que não era mais aquele (principalmente por ter vergonha de muitas das coisas que eu havia escrito), eu apaguei o blog e comecei esse aqui. no final das contas, eu achei esse processo muito legal. percebi em mim uma coisa que eu realmente gosto: a capacidade de mudar e reconhecer algumas coisas que não eram legais e que, de alguma maneira, não são mais as mesmas. eu fico feliz quando percebo que mudei.

e não fui só eu quem mudou. a internet e os blogs mudaram.

nesse período inicial ao qual eu me referi, a maioria das pessoas tinha blog por pura diversão. haviam coisas realmente novas, criativas e engraçadas. o politicamente incorreto imperava. opiniões livres, soltas e contundentes. agressões, às vezes. mas isso era bom. faz parte de uma das coisas mais legais da internet: a possibilidade de vc se expressar e encontrar dialógo, seja qual for sua opinião. como eu era bem agressivo, um (bom) tanto revoltado, muito, muito ácido e sarcástico, eu acabei e afinizando com diversos blogs na mesma linha como o cocadaboa (em seus aureos tempos), o preacher (com quem eu mantenho contato até hoje), os picolinos, o cavera de jegue (que era o melhor pra mim), o catarro (quase um ícone) e por aí vai. da mesma forma, acabei conhecendo pessoas com blogs mais “comportados”, mas que também se expressavam de maneira livre, que nem o rafael do sutil como um paquiderme. conheci ele, fizemos algumas coisas juntos, mas perdemos contato. acabei ficando mais próximo de um amigo dele, o ruy. também conheci gente de vários tipos, como a alê do amarula, o marcurélio do jesus me chicoteia, o moskito do dqj. conheci até o pedro nunes, que parece não gostar de mim, mas quem eu respeito bastante e gosto muito do que e de como ele escreve. tive algumas namoradas por causa do blog. isso foi ótimo!

mas…

a internet mudou. os blogs mudaram.

e ao contrário de quando eu vejo que eu mudei, eu não gosto do que eu estou vendo.

cadê o humor? cadê a opinião livre? cadê o pensamento contudente que encontra lugar?

agora parece que quase todo mundo quer ganhar dinheiro com o blog. quase todo mundo quer ser politicamente corretissimo. quase todo mundo faz cocô cheiroso.

o quase ali mostra que existem honrosas exceções. mas (quase, de novo) são só aqueles que começaram assim naquela época. marcurélio, pedro nunes, roberta carvalho, ana paula, paulo torres, sérgio faria. o único problema é que nenhum deles tem mais o mesmo pique de escrever como antes. infelizmente. dos novos, quem eu realmente acho legal pra caramba é a lelê do eneaotil e o julio imperador. eles são ótimos! vejo que ali aquele espirito inicial de log da vida se mantém. escrevem todas aquelas coisas que nos aproximam das pessoas e escrevem de um jeito muito legal.

porque… tá dificil!

falando sobre isso com a gaborin, ela me mostrou o carlos cardoso. olha, ele até tenta. mas eu achei fraco. ainda assim é um suspiro de tentativa.

a liberdade de expressão da internet parece que se viculou quase que exclusivamente aos blogs politicos. lá cada um fala o que pensa e interage com quem quer ouvir. bem, se liberdade de discussão politica é a única liberdade que vai permanecer com os blogs, eu não sei. se isso acontecer, tudo bem. é realmente importante. valeu a pena! realmente precisamos desse tipo de discussão.

mas mesmo sendo ela importantissima, isso não faz com que a divulgação de pensamentos de pessoas que não defendem nenhuma opinião politica não tenha seu valor.

mas seria legal que existisse esse tipo de liberdade nos blogs de pessoas que não querem discutir politica, apenas. seria legal que pessoas criativas reinventassem os blogs a cada dia pra se aproximar, dar risada ou chorar junto. seria legal refletir lendo sobre o dia e as idéias de alguem que eu não conheço, mas posso conhecer.

isso está quase perdido. olhando essa desgraça de blog, eu mesmo percebi que estou bem mais “calmo”. e disso eu não gosto.

eu também não tenho mais pique pra vir aqui escrever abobrinha. estou fazendo isso agora, pq eu estou no trabalho e não tem nada pra fazer.

de qualquer jeito, acho que eu vou continuar tentando.

mas assim…. vai pro caralho quem vier falar “mas temos que respeitar as pessoas e mimimimi”. só vai mostrar que não entendeu porra nenhuma.

Anúncios

dezembro 7, 2008

cansaço

Filed under: Uncategorized — Alf @ 12:33 am

bem, estou cansado pra buceta.

vou dormir tanto, mas vou dormir tanto que a enternidade vai passar e vai ser amanhã de novo.

merda.

de que vai adiantar?

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.